O referencial BRC foi criado pelos retalhistas do Reino Unido na sequência do Food Safety Act (1990). Esta legislação obriga a que as empresas do sector alimentar tomem todas as precauções consideradas razoáveis para evitar falhas no desenvolvimento, distribuição, informação ou venda de produtos alimentares ao consumidor.

Em 1998 o British Retail Consortium (BRC) desenvolveu um referencial com carácter obrigatório para todos os fornecedores dos retalhistas do Reino Unido.

O BRC Global Standard – Food vai teve a sua última edição (issue 7) em Janeiro de 2015 e impõe:

  • A implementação de um Sistema HACCP

  • A existência de uma Sistema de Gestão da Qualidade documentado

  • O controlo das infra-estruturas, produtos, processos e recursos humanos.

A existência de fornecedores em todo o mundo originou a rápida adopção deste referencial nos diversos continentes possibilitando uma diminuição do número de auditorias e uniformizando os critérios de avaliação dos requisitos.

A CPC possui Auditores Acreditados pelo BRC e que podem fazer o diagnóstico da sua unidade e apoiá-lo na implementação, auditoria e certificação  segundo este referencial.